Despertar o melhor de si (autoconhecimento)

Estamos cheios de tudo e vazios de nós mesmos. O ser humano atravessa uma fase em que quase basta estender uma mão e pode-se alimentar, ouvir música, aprender e muito mais, no entanto, não lhe chegam duas mãos para entrar dentro de si e fazer transmutar a tristeza em alegria.

Ao longo da sua caminhada enquanto ser humano tem oportunidade de aumentar a sua inteligência, aprimorar as suas capacidades artísticas e desenvolver os seus afetos. As desilusões derrotam-no e os sucessos dão-lhe vontade de continuar.

Competimos desenfreadamente com os outros e não competimos connosco em buscar de um ser melhor. Olhamos com desdém para o que o outro tem e temos medo de olhar para dentro de nós e descobrirmos o ser maravilhoso que somos. A hostilidade e o egoísmo que habita ao nosso redor é muitas vezes fruto do que existe dentro de nós.

A vida dá-nos mais do mesmo e a única forma de termos melhor à nossa volta é sermos melhores dentro de nós. Para isso temos de saber quem somos e até onde queremos ir. Precisamos de conhecer cada fraqueza e cada força do nosso ser, para fazermos ainda melhor de quem somos.

Acredito que quando competimos connosco, após muito choro e muito grito silencioso, só podemos melhorar! Atreva-se a fazer uma viagem dentro de si, a tomar contacto com as suas dúvidas e as suas certezas e o resultado será uma versão melhorada de si mesmo. Disso resultará uma versão melhorada de toda a sua vida. Atreva-se!

Patrícia Moreira

Foto: Pesquisa Google