refletir: Máscaras

As máscaras vieram tapar os sorrisos falsos, as expressões enganadoras…
Agora restam-nos os olhos, o espelho da alma, para que sintamos verdadeiramente quem é o outro, sem subterfúgios…
Olhos que espelham a dor, a malicia, a descrença, a saudade, o amor, a esperança… sem necessitar das palavras.
Que nunca tenhamos necessidade de tapar até os olhos para termos apenas de sentir o outro através do coração…
Um abraço,
Patrícia Moreira